bacharelado ou licenciatura bacharelado ou licenciatura

Bacharelado ou licenciatura? Entenda as diferenças neste artigo

6 minutos para ler

Além da decisão sobre que curso fazer ao entrar na faculdade, que é algo que já costuma render noites de indecisão e longas reflexões pela importância que carrega, muitas pessoas têm que lidar com uma segunda questão: escolher entre bacharelado ou licenciatura. Afinal, esses dois formatos são os mais frequentes no ensino superior e não é raro encontrar graduações ofertadas em ambas as versões.

Por conta disso, os futuros universitários acabam diante de diversas dúvidas e se questionando qual é a melhor opção entre elas. Por esse motivo, elaboramos este post para ajudá-lo a entender definitivamente qual a proposta de cada modalidade e quando você deve escolher uma ou outra. Confira!

Como funcionam as licenciaturas?

bacharelado ou licenciatura

As licenciaturas são um tipo de graduação bem específica na qual os estudantes têm contato com uma vasta carga teórica e reflexiva sobre a área em que estão se formando e como ela é empregada no seio da sociedade, avaliando, assim, como ela pode contribuir para o desenvolvimento e o avanço da educação na segunda.

Sim, isso mesmo que você leu. Educação. Uma palavra simples, mas com um grande peso na vida acadêmica dos licenciandos que estudam e se capacitam para serem agentes do conhecimento, da informação, da cultura e da ciência.

Afinal de contas, após formados, eles se tornam professores nos ensinos básico, fundamental e médio, lecionando para crianças e jovens em diversos locais do Brasil. Para isso, eles contam com uma grade curricular formada por conteúdos que tratam da didática, do processo dialógico, das práticas da docência, da inclusão no trabalho pedagógico e da vivência no ambiente escolar.

E quais as diferenças para a formação de um bacharel?

O bacharelado, por sua vez, é uma formação ampla, voltada para as demais possibilidades de atuação dentro do mercado de trabalho — que, é claro, não envolvem a docência em ambiente escolar. Justamente por isso, ela tem uma matriz curricular com uma maior diversidade de conteúdos práticos que contrapõem e complementam os assuntos teóricos.

Além disso, ele conta com aulas em laboratório e atividades realizadas em ambiente de desenvolvimento profissional (como hospital veterinário, clínica de fisioterapia, fazenda-escola e núcleo de prática jurídica). Dessa forma, o estudante tem a chance de vivenciar múltiplos segmentos que pode seguir depois de formado.

Qual o formato mais buscado?

bacharelado ou licenciatura

“Certo, entendi a diferença entre as duas modalidades. Porém, qual o formato mais buscado por quem entra na faculdade? Bacharelado ou licenciatura?”

Você deve estar curioso para saber. Para responder a essa questão, vamos usar os dados obtidos nas Sinopses Estatísticas da Educação Superior – Graduação 2018, levantamento promovido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

No ano de 2018, 8.450.755 alunos ingressaram em uma graduação, seja ela em uma instituição pública, seja ela em uma instituição particular. Desse número, 5.689.335 (aproximadamente 67,32%) optou por um bacharelado. Já aqueles que quiseram investir em uma licenciatura vieram logo em seguida.

Ao todo, são 1.628.676, o que representa 19,27% do total. Outro ponto interessante dessa sondagem é que o curso de licenciatura com mais procura foi o de Pedagogia que, sozinho, alcançou a marca de 747.890 matrículas.

Qual a duração do bacharelado e da licenciatura?

Ambos costumam ter, na grande maioria das graduações, o mesmo período mínimo para conclusão de curso que é de quatro anos.

No entanto, muitos bacharelados ultrapassam essa quantidade e chegam a cinco ou, até mesmo, a seis anos. É o caso da Engenharia Civil, da Arquitetura e do Urbanismo e do Direito, todos com 10 semestres de duração. Já a Medicina, por sua vez, tem 12 semestres de duração.

Todos os cursos existem em ambos os formatos?

A resposta é não. Apenas uma parcela deles é oferecida em ambas as modalidades, como acontece com a Educação Física e as Ciências Biológicas (popularmente chamada de Biologia), que permitem a possibilidade de se tornar um docente em ambiente escolar ou entrar no mercado de trabalho para desenvolver trabalho autônomo, empreender, atuar em empresas privadas, desenvolver pesquisas etc.

A maioria, no entanto, ou é de um tipo, ou do outro, como Letras – Licenciatura em Português e Bacharelado em Medicina Veterinária. Isso acontece porque, como já mencionamos, a licenciatura é voltada para a capacitação de profissionais que atuarão como professores.

Nesse espaço, são ensinados conteúdos que preparam crianças e adolescentes para a vivência em sociedade, a compreensão de mundo e a aquisição de conhecimento necessária para a vida adulta.

Logo, tudo aquilo que não é abordado ou visto como matéria nos ensinos básico, fundamental e médio não contam com esse tipo de formação, uma vez que são voltados para o mercado de trabalho e, consequentemente, requerem um nível de aprofundamento crítico, reflexivo e teórico distinto.

Bacharelado ou licenciatura: qual escolher?

bacharelado ou licenciatura

Para se decidir entre bacharelado ou licenciatura, a principal dica é passar por uma autoanálise a fim de compreender melhor qual carreira você deseja ter, quais são seus objetivos profissionais e que tipo de trajetória você deseja ter dentro do mercado. A partir daí, será possível identificar qual formato de graduação atende as suas necessidades de acordo com as especificidades que cada um tem.

Além disso, é bastante válido conversar com pessoas que estão matriculadas e cursando as duas modalidades, pois elas falarão com precisão sobre como é a rotina das aulas, a imersão nos conteúdos da grade curricular e a vivência acadêmica em cada curso.

Por fim, também é útil bater um papo com profissionais que são licenciados e que são bacharéis, pois eles elucidarão quais são as perspectivas profissionais de cada formação.

Como mostrado, cada tipo de curso tem um propósito específico e o qualifica para um futuro profissional com diferentes abordagens. Por isso, é importante entender de antemão essa distinção entre ambas as modalidades (bacharelado ou licenciatura) para fazer uma escolha inteligente e, assim, entrar na graduação que lhe proporcionará a formação desejada para dar os primeiros passos rumo a uma carreira cheia de êxitos.

Gostou de saber mais sobre os dois formatos? Então assine a nossa newsletter para ficar por dentro de mais curiosidades a respeito deles e, de quebra, dos cursos tecnológicos!

Consultoria de carreiraPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.