planejamento de carreira planejamento de carreira

Confira o passo a passo para montar o seu planejamento de carreira

6 minutos para ler

Um dos maiores desafios das pessoas dentro do mercado de trabalho é a estagnação ocupacional que acontece pela falta de alinhamento entre expectativas e realizações profissionais.

Por conta disso, o trabalhador acaba empregado, mas continuamente insatisfeito com a empresa na qual trabalha, a posição que ocupa, as funções que exerce, o salário e os benefícios que recebe e por aí vai. Não é à toa que a cada dia é mais comum ver gente interessada em montar um planejamento de carreira.

Dessa maneira, é possível evitar esse padrão e alcançar uma ocupação realmente satisfatória e estimulante tanto pessoal quanto profissionalmente. Para ajudá-lo nessa tarefa, preparamos um post para falar e dar dicas sobre o assunto. Confira!

Por que realizar um planejamento de carreira?

planejamento de carreira

O planejamento de carreira é uma ação importante que toda pessoa deve realizar, pois ele permite que você analise o estágio em que ela se encontra e identifique o nível de contentamento com a sua trajetória.

A partir disso, você tem como traçar estratégias de curto, médio e longo prazo para mudar o que é preciso, se capacitar, ter um perfil mais competitivo no mercado e, assim, atingir os seus objetivos profissionais.

Como montar um plano para o seu futuro profissional?

Neste tópico, você vai conferir um passo a passo simples para realizar um planejamento de carreira. Fique atento para reproduzi-lo com eficácia e conquistar suas metas.

Avalie como está a sua carreira

planejamento de carreira

O primeiro passo é avaliar como está a sua carreira e como você se sente em relação a ela. Esse é um exercício não só de autoconhecimento, mas também de esmiuçamento da sua jornada profissional até agora. Para realizá-lo, faça a si mesmo as seguintes perguntas:

  • Estou realizado pessoal e profissionalmente com o meu cargo atual?
  • Era esse o cargo que eu desejava ocupar há alguns anos?
  • Sinto que as atividades que eu desempenho são adequadas à minha formação e ao nível de experiência que tenho?
  • Me sinto orgulhoso com as conquistas profissionais que tive na vida?
  • Minha carga horária semanal de trabalho é agradável?
  • Meu salário é satisfatório para cobrir minhas necessidades e assegurar o padrão de vida que eu quero ter?
  • Há possibilidade de crescimento dentro da empresa em que estou?
  • Posso ser responsável por grandes feitos que me proporcionem reconhecimento profissional estando na empresa na qual trabalho?

Reflita sobre onde você quer chegar

Feita a primeira etapa e identificando que a sua carreira não está no patamar desejado e você não trabalha com o que gosta, é hora de refletir sobre onde quer chegar e o que é preciso para fazer isso acontecer. Abaixo, há dois exemplos para facilitar o entendimento desse processo.

No primeiro deles, imagine que você atua numa agência de marketing digital gerenciando contas e projetos, mas tem o desejo de ter sua própria companhia nesse ramo. Para tanto, é preciso capital para abertura do negócio e contratação de funcionários, capacitação em administração de empresas, prospecção de clientes, divulgação dos serviços em mídia online e offline etc.

No segundo, por outro lado, você atua como contador dentro de uma organização de médio porte, mas almeja ser concursado como auditor-fiscal para ter um cargo mais relevante social e profissionalmente, bem-remunerado e com alto nível de estabilidade. Para isso, é preciso não apenas ser aprovado em um concurso público, mas ter uma formação continuada para se adequar aos requisitos do edital desejado.

Invista na sua educação

Investir na sua educação é crucial para um planejamento de carreira promissor. Afinal, com empresas com cada vez mais demandas técnicas para expandir os negócios e ter lucro, consumidores conscientes da influência que exercem na economia e número crescente de profissionais graduados no mercado, não bastará ter um diploma e experiência laboral.

Será necessário estar um passo a frente e ter um currículo campeão, qualificando-se como especialista na sua área de atuação para ser indispensável no quadro de colaboradores de qualquer organização.

Consultoria de carreiraPowered by Rock Convert

Faça um mapeamento de pontos fortes e fracos

Fora o seu nível de capacitação, não deixe de lado as suas habilidades e competências. Tenha em mente que elas também são importantes para o trabalho que você quer desempenhar e a sua capacidade de se relacionar com outros profissionais, cumprir metas, gerenciar projetos e por aí vai.

Portanto, faça um mapeamento dos pontos fortes que você já tem e podem ser aperfeiçoados (como proatividade, pontualidade e adaptabilidade) e aqueles que são fracos e podem ser adaptados ou corrigidos (como falta de inteligência emocional, baixa resiliência e dificuldade em se expressar em público) por meio de cursos, treinamentos, workshops e mentorias.

Explore o mercado de trabalho

O quinto passo é explorar o mercado de trabalho. Isto é, pesquisar quais empresas podem oferecer a você um emprego que proporcione a realização pessoal e profissional que deseja.

Para isso, liste não apenas as organizações, mas os processos de recrutamento e seleção que elas realizam, o perfil de candidato que é contratado, o plano de progressão interna de carreira para os funcionários e como é o ambiente laboral delas — levantamentos como o Great Place to work, por exemplo, podem ajudá-lo nesse quesito.

Já para quem busca empreender, é interessante investigar modelos de negócio bem-sucedidos na área em que intenciona investir. Dessa forma, você tem como saber de antemão quais apostas comerciais são viáveis, quais erros foram cometidos pelos seus futuros concorrentes e como o público-alvo se comporta frente às inovações.

Aumente o seu networking

planejamento de carreira

Por fim, mas não menos útil, aumente o seu networking. Ter uma rede de contatos ampla e, acima de tudo, ativa é indispensável para conseguir indicações de trabalho, ser recomendado para as vagas que surgirem em diferentes empresas, participar de projetos pioneiros e em fase de implementação, conquistar oportunidades internacionais, saber previamente de promoções e contratações da organização em que atua etc.

Portanto, saia da zona de conforto e comece a trabalhar a sua interação interpessoal com colegas da pós-graduação, professores, membros da equipe, chefes, fornecedores e afins. Vale reforçar que os lugares para isso são os mais diversos, como faculdade, local de trabalho, conferências, eventos corporativos, simpósios, palestras etc.

Ao longo do artigo, você viu que o planejamento de carreira é uma ferramenta muito importante para os profissionais que querem crescer e se destacar no mercado. Por isso, não deixe de fazer a sua parte e contar com uma instituição de ensino renomada e bem-conceituada para ter uma formação continuada de qualidade, atualizada e multifacetada.

Gostou do post e quer saber como investir na sua carreira para obter o sucesso desejado? Então assine a nossa newsletter e acompanhe conteúdos exclusivos sobre o assunto!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.